Carregando
  • Mamãe Granola

    mamãe granola conhece o queijo rosa

    A filha com 4 anos voltou da escola contando que tinha comido queijo rosa. E tinha gostado!

    Mamãe granola, atribulada, pensou que p**** é queijo rosa?

    No supermercado, próximo às prateleiras com queijos e embutidos, a filha mostra pra mãe: olha ali mãe, queijo rosa!

    Era presunto. Fatiado. De fato, rosa.

    Mamãe granola era vegetariana. Por regras de sobrevivência num mundo carnívoro à sua volta, teve que criar um certo combinado entre as famílias mais ou menos como respeitar dois times de futebol na casa.

    Acontece que mamãe granola estava em desvantagem. Ela era a única torcedora e jogadora do time dos que pastavam.

    Todos à sua volta, carnívoros.

    Mas, contudo, acreditava que a filha teria dentro de casa dois exemplos. Porque você até pode ter dois times, cada um num estado, e ainda torcer para o Brasil, mas de fato você não pode ser carnívora e vegetariana ao mesmo tempo!

    Veja bem, uma coisa é respeitar a decisão de um adulto vegetariano, da nora adulta vegetariana, da filha adulta vegetariana, e mimá-la sempre com uma opção alternativa de lasanha ou refeição ao longo de 16 anos de bandeira erguida nos almoços de família. Agora outra, muuuuuito diferente é não oferecer churrasco pra neta, em família de gaúcho. Aí já é demais!

    Também ela, mamãe granola, cresceu comendo brachola de Nonna ou picadinho refogado mineiro. Lembrava que comida não era só bandeira mas prazer e séculos de cultura e tradição. Como no filme “como água para chocolate”, muitos à sua volta cozinhavam como prova do seu amor, esperando ansiosamente o deleite alheio e os elogios.

    Tanto amor em forma de comida ao longo de sua vida feitos por mãos que já não existiam e uma saudade trazia de vez em quando memórias com cheiro e gosto da cozinha.

    Pensando em tudo isso, de repente na fila do supermercado com carrinho, a filha pergunta, mãe de que é feito o queijo rosa?

    Mamãe granola sem hesitar, disse: da Peppa, filha, da Peppa Pig!

     

    Compartilhar:
  • Você poderá gostar

    1 Comment

  • Reply Ana 3 de novembro de 2018 at 11:48

    Amei!! Excelente! Kkkkk

  • Leave a Reply